Vamos Partir: O Blog com Dicas Memoráveis Para Suas Viagens!

Olá,

Essa página é exclusiva para falar sobre quem é Raquel Lundgren, a fundadora e redatora do blog, além do objetivo do blog.

Continue lendo para saber mais sobre:

  • Quem é Raquel Lundgren;
  • Que lugares eu já conheci;
  • Como esse blog irá ajudá-lo(a) a melhorar suas viagens.

Sou brasileira, de Recife e, na minha família, essa história de viagens pelo mundo começou quando ainda eu nem me entendia por gente.

Minha avó, Gerda, depois que criou todos os filhos, foi rodar o mundo. Sempre quando ela voltava das viagens, tinha um grande almoço, e ela contava as histórias dos países que tinha passado e as experiências que tinha vivido.

Aquilo sempre me fascinou.

E esse acabou se tornando um dos meus objetivos de vida.

Minha primeira viagem internacional foi para Orlando e Miami, quando eu tinha 15 anos.

Minha mãe perguntou: “Raquel, você prefere uma festa de 15 anos ou uma viagem para a Disney?”.

Sem pensar duas vezes, lógico que fiquei com a viagem.

Que festa?! Mané festa!

Quero cair no mundo e dessa vez parar de ouvir histórias e passar a ser a contadora. :)

Depois dessa viagem, fiz um intercâmbio aos 17 anos para a Turquia.

Eu estava super empolgada e fui para todas as reuniões e palestras do meu intercâmbio, louca para ganhar o mundo.

Mas, alguns meses antes de viajar, eu estava naquela dúvida…

Estava com um namoradinho novo. Já viu, né? Meio assim, em dúvida se ia ou não ia…

Mas minha mãe, sempre com aquele apoio incondicional… Ela sabia o quanto eu queria aquilo, bateu o pé e disse que eu tinha que ir, que seria uma oportunidade única e simplesmente foi isso e muito mais!

Foram tantas histórias…

Perderam meu passaporte, fui “presa”na fronteira quando estava voltando do meu Eurotour para Turquia, porque a Embaixada do Brasil tinha errado no meu passaporte, fiquei umas 8 horas com uns 10 policiais que me tiraram da fronteira e levaram para o posto.

Tive uma incrível mãe turca com os costumes e modo de vida completamente diferentes do meu… No começo foi complicado, mas acertamos “nossos ponteiros”e recebi um amor lindo de mãe não só dela como de toda minha família turca e por isso me sinto um pouco uma Uysal, sobrenome deles. :)

Fiz viagens memoráveis com os melhores intercambistas do mundo!

Antigamente eu usava o termo: o melhor ano da minha vida. Hoje eu prefiro usar: o ano mais pleno e de maior aprendizagem de toda a minha história.

Cresci, amadureci e voltei uma Raquel completamente diferente. Tão diferente que foi difícil me acostumar aquela velha vida.

Eu estava tão diferente e todo mundo continuava o mesmo!

Depois veiou a faculdade e, com a faculdade, a oportunidade de um novo intercâmbio.

Dessa vez, para trabalhar para um ratinho, tendo o Mickey como chefe. :)

Fiz a seleção para ICP (International College Program).

A primeira etapa na minha cidade e a segunda em Fortaleza, com os recrutadores da Disney.

Alguns dias depois, a notícia: eu havia passado no teste!

Que felicidade!

Já estava com tudo caminhando para passar 3 meses trabalhando num lugar que chamo de terceiro lar: o EPCOT!

Foram 3 meses super intensos!

Trabalhei tanto, conheci pessoas maravilhosas, aprendi e entendi na pele como podem as pessoas trabalharem tanto e, mesmo assim, sempre quando um guest do parque estava preocupado ou um menininho perdido da mãe, o primeiro sentimento que vinha era: tenho que resolver, eles podem ter vários problemas na vida, mas hoje o dia deles será magic! 

Além desses intercâmbios, fiz muitas viagens, tanto no Brasil como para o exterior.

Minhas férias sempre eram reservadas para conhecer lugares novos ou voltar em lugares memoráveis.

E um outro desejo que sempre tive foi a vontade de passar um tempo no sudeste asiático.

Dessa vez, meu namorado compartilhava comigo essa ideia, uma ideia nossa.

Nos organizamos e hoje estamos aqui passando 5 meses nessa parte do mundo in-crí-vel.

Espero que todo mundo se organize e possa um dia ver e sentir com seus olhinhos e pezinhos os paraísos daqui e o povo.

A Tailândia, que é o nosso país base, é extraordinária! Com vários problemas que um terceiro mundo tem, mas o povo, ah o povo faz muita diferença!

O povo mais gentil e dócil que eu já convivi.

São tantas histórias de tantos países, tantos lugares. E com o tempo vou compartilhando uma a uma com vocês :)

Quais países já visitei

Já viajei por muitos lugares que sempre tive o sonho de conhecer e muitos ainda estão na minha listinha.

Eu sempre tento unir os dois: lugares que eu mais quero conhecer com oportunidades que aparecem no meio do caminho.

É muito importante você ter o planejamento de todos os lugares que você sonha em conhecer, porque como todos os nossos sonhos para se tornar em uma realidade memorável, temos que fazer um planejamento.

Lógico que sempre é bom conhecer lugares novos, mas melhor ainda é conhecer aqueles dos seus sonhos e a cada vez que você vai riscando um lugar da sua listinha, com as novas experiências, novos lugares vão aparecendo, tornando a listinha sempre cheia com bastante vida e empolgação dentro dela :)

Até agora já vivi experiências com meus próprios olhos, pés e coração no:

  • Brasil: conheço tantos lugares incríveis, pouco a pouco irei relatar aqui pra você;
  • Uruguai
  • Argentina
  • Chile
  • Estados Unidos
  • Canadá
  • Turquia
  • Alemanha
  • França
  • Inglaterra
  • Bélgica
  • Holanda
  • Itália
  • Vaticano
  • Espanha
  • Portugal
  • Croácia
  • Tailândia
  • Malásia
  • Cingapura
  • Indonésia
  • Filipinas
  • China
  • Índia
  • Camboja
  • Laos
  • Vietnã

E o restante, tudo na minha “Listinha de próximos Lugares Especiais” :)

Como o blog irá ajudar nas suas viagens?

  • Compartilhar informações e vivências que passei;
  • Como você pode se organizar para viajar também;
  • Troca de experiências.

Eu sempre gostei de ajudar pessoas próximas que ou tinham medo de viajar ou iriam para algum lugar e não sabiam bem o que iriam fazer por lá.

Sempre ajudava, sanava os medos, mostrava os pontos positivos, ajudava no roteiro, que é algo que eu adoro fazer até hoje. :)

E resolvi que eu gostava tanto disso, que queria poder alcançar as mesmas pessoas e ainda assim conseguir alcançar pessoas que quisessem viajar mas não têm ninguém por perto para encorajar ou ajudar.

Eu sempre falo: só basta a primeira viagem e depois já era!

Vicia!

Não tem nada melhor do que viajar, passar por perrengues e experiências incríveis, que só alcança quem se desprende.

Quem se dá a chance de simplesmente viver!

É antropológica a troca de vivências. Ver pessoas que têm um estilo de vida completamente diferente do seu e pensar: “caramba como isso é genial”, “ como não existe isso lá pelas bandas do Brasil”

… E, do mesmo jeito, eu passar um pouco do Brasil brasileiro para todos que cruzam meu caminho e assim dar mais valor a tudo que temos e deixamos nos esperando em nossa volta.

Sou a favor de todos que viajam para se descobrirem e redescobrirem quem são.

Para poder olhar além dos problemas do Brasil e ver a nível mundial.

Parar de reclamar e começar a aprender.

E nunca para se esconder ou fugir dos problemas. :)

E, aqui no blog, você terá tudo isso, pois como eu amo fazer roteiro sempre pesquiso tudo tanto pela internet como quando chego nos lugares, então você não precisará passar pelo mesmo perrengue.

Certamente eu já vou ter passado e vou compartilhá-lo aqui com você.

Ajudar você a dar seus primeiros passos e saber, tudo tim tim por tim tim, o que fazer para viajar também.

Quais caminhos e como fazer para alcançá-los da melhor forma possível, de acordo com o seu perfil. :)

Espero que você goste do blog e, se tiver alguma coisa que esteja legal ou principalmente que não esteja legal, deixa seu comentário, sua crítica, sua sugestão ou elogio.

Quero que você se sinta em casa por aqui!

Temos que economizar, porque nós Vamos Partir! :)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>